terça-feira, 27 de abril de 2010

19. Congresso Brasileiro de Arquitetos

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player


Inscrições promocionais até o dia 30/04 e condição especial para grupos acima de 10.
Clique aqui »
Confira lista completa dos palestrantes nacionais e internacionais.
Clique aqui »
Passagens aéreas com descontos de até 20%, e preços especiais para hospedagem.
Clique aqui »

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

19º CBA - Congresso Brasileiro de Arquitetos ^ topo | <>

Oficina dia 27 de maio Sistema de Condicionamento de Ar de Alta Eficiência


CBCS


Oficina Sistema de Condicionamento de Ar de Alta Eficiência

Data: 27/5/2010 - Horário: 14:00 - 18:00
Local: Sesc Vila Mariana

Inscrições Gratuitas!

Programação Preliminar

14:00 - Abertura - Prof. Dr. Roberto Lamberts - Coordenador do Ct energia do CBCS

14:10 - Realidade dos projetistas de x mudanças com a etiquetagem
Palestrante: Carlos Massaru Kayano - Representante do Departamento Nacional de Empresas Projetistas e Consultores da ABRAVA

14:30 - Norma Ashrae , certificação
Palestrante: Prof. Oswaldo Bueno, engenheiro Mecânico

14:50 - Etiquetagem do Procel Edifica - Aspecto do Condicionamento de Ar,
Palestrante: Fernando Westphal, engenheiro civil

15:10 - Comissionamento do sistema de ar condicionado
Palestrante: Leonilton Tomaz Cleto, engenherio Civil

15:30 - Debate

16:00 - Coffee

16:30 - Mesa Redonda - Sistemas de alta eficiência de condicionamentos de ar

Moderador da mesa: Prof. Dr. Roberto Lamberts
15m Sistema Split de alta Eficiência
15m Centrais Água Fria
15m Volume Refrigerante Variável
30m Debate

18:00 - Encerramento

Clique aqui para baixar a ficha de inscrição!

Serviço:
Inscrições Gratuitas!
Data: 27 de maio de 2010
Horário: 14:00 as 18:00hs
Local: Rua Pelotas, 141, Vila Mariana,São Paulo - SP
Mais informações: 11 3869 0791
E-mail: secretaria@cbcs.org.br
Site: www.cbcs.org.br






 

quinta-feira, 22 de abril de 2010

2 ano!!!!!



Pessoas (crianças),


o negócio é o seguinte, acabei gravando tudo num DVD (perspectiva cônica 2PF)
como está - vamos agilizar. Pedi que um de vcs viesse pegar o DVD, talvez o representante da sala. Vcs poderão copiar o DVD, sugiro que disponibilizem num dos micros do laboratório....


Como já disse, a gravação está "assim assim", mas creio que ainda assim seja válido no sentido de sanar algumas dúvidas.

Divirtam-se!

Perspectiva Cônica




- Então, fiz o vídeos da perspectiva cônica de uma edificação com dois pontos de fuga, aliás, os videos.... o negócio é o seguinte, comecei a fazer o vídeo e no comecinho tem meu marido falando sem parar..., depois usou memória demais e parou no meio do caminho... comecei de novo colocando uma outra resolução.... que ficou duvidosa, mas, depois de três minutos, parou - a tal resolução era para e-mail... então esta foi a segunda parte. Comecei de novo, até q parou por conta da memória... terceira parte, daí de novo, é a quarta parte.... e acabou... acho que falei demais, fui explicando muito. Conclusão: não dá para colocar no HD virtual....

Amanhã faço outro vídeo, falando menos, para ser em menos tempo... Se ainda assim não der para postar, deixo em arquivo no laboratório de informática na sexta-feira do jeito que está (aproximadamente 750Mb - esvazie o pen drive).

.

domingo, 18 de abril de 2010

Concurso CBCA para Estudantes de Arquitetura

Inscrições do Concurso CBCA para Estudantes de Arquitetura estão abertas


Participantes deverão projetar praça pública coberta de uso múltiplo para uma cidade com população entre 200 mil e 400 mil habitantes


Ana Paula Rocha


Divulgação:  CBCA
Em 2009, equipe da Universidade São Judas Tadeu venceu o concurso com o projeto de um terminal aeroportuário para Ribeirão Preto-SP
Estão abertas as inscrições da terceira edição do Concurso CBCA para Estudantes de Arquitetura. Neste ano, os participantes deverão projetar uma praça pública coberta, de uso múltiplo, para uma cidade com população entre 200 mil e 400 mil habitantes. O projeto deverá prever a construção do equipamento com aço. O complexo deverá incluir áreas com telhado, mas abertas para circulação, áreas fechadas e áreas externas ou descobertas. Entre os ambientes que deverão ser contemplados na praça, estão espaços de exposição e de eventos, de alimentação, de entretenimentos e jogos, um centro de escritórios e negócios, e espaços exclusivos para os empregados.
Os alunos integrantes das três equipes melhor classificadas receberão inscrições para o curso à distância sobre Introdução ao Uso do Aço, promovido pelo CBCA (Centro Brasileiro da Construção em Aço), além de manuais técnicos, livros e revistas sobre construção metálica, editados pela entidade. Os professores orientadores dos dois melhores projetos também poderão acessar durante um ano todo o material disponibilizado pelo SCI (Steel Construction Institute).
Além dos prêmios, a equipe vencedora representará o Brasil no 3° Concurso de Projeto em Aço para Estudantes de Arquitetura 2010, promovido pelo Instituto Latino-Americano de Ferro e Aço, que reunirá representantes da Argentina, Chile, Colômbia, Equador, México, Peru e Venezuela.
As inscrições ficam abertas até 30 de julho e podem ser realizadas gratuitamente no site do CBCA, onde também está disponível o regulamento completo da competição. O resultado será divulgado no dia 15 de agosto.
Em 2009, a vencedora do Concurso CBCA para Estudantes de Arquitetura foi a equipe da Universidade São Judas Tadeu, formada pelos alunos Wellington Tohoru Nagano, Anderson Carneiro Noris, Elis Mariam David Souza Duarte, Rafael Gustavo Rodrigues, Fernanda Ferreira da Silva e Gislaine Moura do Nascimento. Os estudantes projetaram um terminal aeroportuário para Ribeirão Preto, interior de São Paulo.


Transforme-se em personagens engraçados e coloque no Messenger. Clique e veja como.

Cursos a Distância







Terra Crua : especificações para projetar com blocos e painéis monolíticos.
Design de Interiores: o início de tudo
O Paisagismo: começando a conversa
Arquitetura Corporativa: da compreensão do cliente à execução da obra
Muros de Arrimo em Solos Reforçados - Noções Básicas
Viabilidade Executiva em Empreendimentos na Prática de Engenharia de Custos
Eficiência Energética em Edifícios






Transforme-se em personagens engraçados e coloque no Messenger. Clique e veja como.

quinta-feira, 15 de abril de 2010

Design: Luminárias sensíveis





[Curiosidades] Luminárias sensíveis para leitores sonolentos

Posted: 14 Apr 2010 10:29 AM PDT

Um grupo de designers e empresas está determinado a facilitar a vida daquelas pessoas que gostam de ler antes de dormir. A Lili Lite é uma estante que possui uma luminária que se apaga quando colocamos um livro sobre ela. Além de servir de marca-pagina, dá um visual bacana ao ambiente.

Função semelhante tem a Luminária Mark, desenvolvida por Damjan Stankovic, e a Book-Sensitive Reading Lamp, desenvolvida pelos designers franceses Jun Yasumoto, Alban Le Henry, Olivier Pigasse e Vincent Vandenbrouck. Elas se apagam ou se acendem de acordo com a preseça ou ausência de um livro.

"Coincidência criativa" ou não, trata-se de uma ideia realmente simples, que talvez você até consiga fazer em casa. Melhor que pagar os 99 euros que estão pedindo pela estante.


lili lite reding light [Curiosidades] Luminárias sensíveis para leitores sonolentos

lili lite reding light1 [Curiosidades] Luminárias sensíveis para leitores sonolentos

image 01 [Curiosidades] Luminárias sensíveis para leitores sonolentos

image 02 [Curiosidades] Luminárias sensíveis para leitores sonolentos

Book sensitive Reading Lamp [Curiosidades] Luminárias sensíveis para leitores sonolentos

Book sensitive Reading Lamp 1 [Curiosidades] Luminárias sensíveis para leitores sonolentos

Via LivroseAfins, Mark, Lili Lite, Like Cool

Link to Blog E-books Grátis - Tudo sobre literatura, download de  livros grátis, revistas, quadrinhos e muito mais!


OUTROS PLANOS: BRASÍLIAS






 

terça-feira, 13 de abril de 2010

quarta-feira, 7 de abril de 2010

Ladrilho hidráulico


Fabricado artesanalmente, o ladrilho hidráulico ganha aplicações das mais variadas atualmente. Após a instalação, o acabamento deve ser protegido da sujeira da obra com plástico bolha. Em dois dias, os ladrilhos estão secos e podem receber resina acrílica – cuidado essencial no caso dos pisos –, que precisa ser reaplicada a cada dois anos. Na limpeza, use água e sabão neutro. Ácidos estão proibidos.

Reportagem Visual Edson G. Medeiros
Fotos Eduardo Pozella
Texto Lúcia Santos Gurovitz

Fabricação à moda antiga
Em um molde de latão, primeiro o ladrilheiro despeja o cimento misturado a pigmentos para compor o desenho. O restante do molde é preenchido de cimento. Então, cada peça é prensada e passa por um período de descanso. Depois, é mergulhada em um tanque de água, onde permanece algumas horas e, aí, vai para uma prateleira para a cura, ou seja, o endurecimento do cimento, que leva 14 dias. "O ideal é que o mesmo ladrilheiro faça cada lote, pois isso praticamente elimina as diferenças entre as peças", diz Piero Cosulich, proprietário da Brasil Imperial, onde foram feitas as fotos.




Curso gratuito do Modelo de Excelência da Gestão® Versão 2010

Curso Gratuito a Distância

  • Imprimir

Curso gratuito do Modelo de Excelência da Gestão® Versão 2010


Dinâmico e interativo, o curso virtual é uma ótima oportunidade para você conhecer como o movimento pela busca da excelência começou, como entender e utilizar o Modelo de Excelência da Gestão®, suas inter-relações, conceitos e práticas que facilitarão e consolidarão seu aprendizado.

O curso virtual está estruturado em 2 Módulos:
* Sensibilização para a Excelência em Gestão;
* O Modelo de Excelência da Gestão®;

Você precisará investir cerca de 8 horas do seu tempo para realizar as 2 etapas acima e ainda contará com as vantagens do ensino à distância, que lhe proporciona:
* flexibilidade (você escolhe a hora e o lugar para seus estudos, desde que tenha recursos mínimos para o acesso à internet);
* adaptação (você adequa as atividades do curso à sua agenda e não há necessidade de deslocamento).

Os objetivos do curso são apresentar um breve histórico e conceitos relacionados ao(s):
* Modelos da gestão da qualidade;
* Modelo de Excelência da Gestão®;
* Fundamentos da Excelência;
* Critérios e processos de avaliação da gestão

Na versão 2010 a novidade está nos exercícios que trazem as experiências disponíveis no Banco de Boas Práticas da FNQ. Assim o aluno tem a possibilidade de visualizar os conceitos aprendidos em casos reais.
Outra novidade é que o cadastro do curso virtual está integrado ao cadastro no Portal FNQ. O aluno poderá usar o mesmo login e senha para fazer o curso virtual e acessar aos conteúdos do site.

Esta versão conta suporte técnico por telefone. Basta ligar para (11) 2649-0613 em horário comercial.


Clique aqui para acessar o curso


Veja quais são os assuntos do momento no Yahoo! + Buscados: Top 10 - Celebridades - Música - Esportes

Bienal Ibero-americana

Comissão divulga as dez obras escolhidas para representar o Brasil na Bienal Ibero-americana de Arquitetura


Projetos de Aflalo & Gasperini, João Filgueiras Lima, Ângelo Bucci e Brasil Arquitetura estão entre os selecionados para a mostra colombiana


Ana Paula Rocha

A comissão brasileira da Bienal Ibero-americana de Arquitetura divulgou nesta semana as dez obras que vão representar o País na mostra que acontecerá entre os dias 11 e 17 de outubro, em Medellín, na Colômbia.
A comissão foi formada pelos arquitetos Abilio Guerra (delegado da comissão brasileira na Bienal), Ana Luiza Nobre, Andrey Rosenthal Schlee, Carlos Eduardo Dias Comas, Fabio Duarte, Luciana Guimarães Teixeira, Maria Isabel Villac, Sonia Marques e Vanessa Borges Brasileiro.
Podiam participar da seleção projetos de edificação, urbanização, renovação urbana, espaços públicos ou qualquer outra modalidade de arquitetura construída. Os trabalhos deveriam, porém, ter sido realizados de 1° de janeiro de 2007 a 31 de dezembro de 2009 em qualquer cidade, região ou Estado do Brasil. Confira os projetos escolhidos:
Biblioteca de São Paulo - São Paulo (SP)
Autor: Aflalo & Gasperini Arquitetos
Ano: 2009

Márcia Alves
Inspirada nos serviços e programas da Biblioteca Pública de Santiago, no Chile, a Biblioteca de São Paulo foi instalada em um edifico já existente no Parque da Juventude. Para dar mais mobilidade ao espaço, os dois andares do edifício não foram separados fisicamente, mas por móveis e prateleiras. Os arquitetos optaram também por dividir os ambientes de acordo com a faixa etária do público: crianças de até três anos de idade, de 4 a 11 anos, de 12 a 17 anos até adultos. O empreendimento ainda possui um auditório, café e áreas para leituras e apresentações ao ar livre.

Box House - São Paulo (SP)
Autor: Yuri Vital
Ano: 2008

Divulgação: Yuri Vital
O conjunto residencial localizado na Freguesia do Ó, em São Paulo, foi projetado para ser um empreendimento de baixo custo, mas com qualidade funcional e estética. Para isso, o arquiteto optou por criar um meio nível abaixo do perfil do terreno e um meio nível acima, criando uma residência de dois andares com vaga de garagem privativa. Ao todo, o terreno abriga 17 casas, com área de 42 m² cada uma. O projeto venceu o Prêmio IAB-SP 2008 na categoria "Habitação de Interesse Social".
Casa em Ubatuba - Ubatuba (SP)
Autor: Ângelo Bucci
Ano: 2009

Divulgação: Nelson Kon/Ângelo Bucci
Nesta residência na Praia do Tenório, o arquiteto Ângelo Bucci procurou integrar o projeto ao espaço disponível, mantendo o máximo de vegetação natural possível. A casa foi construída em terreno íngreme, a partir de lajes em três níveis, com árvores entre os vãos das construções.

Centro Educativo Burle Marx - Brumadinho (MG)
Autores: Alexandre Brasil e Paula Zasnicoff Cardoso
Ano: 2009

DIvulgação: Daniel Mansur/Studio Pixel
Os arquitetos criaram uma construção horizontal e acomodada ao relevo do terreno para fundir o edifício à paisagem da região. Esse efeito é intensificado na laje de cobertura, onde os arquitetos construíram um espelho d'água e um jardim suspenso. Visto de cima, o edifício chega a se mesclar com o lago sobre o qual foi construído e dialoga de maneira explícita com outro lago adjacente, quase no mesmo nível topográfico.
Edifício Aimberê - São Paulo (SP)
Autor: Andrade Morettin Arquitetos Associados
Ano: 2009

Divulgação: Andrade Morettin Arquitetos  Associados
Com o objetivo de projetar algo diferente dos imóveis residenciais convencionais, o escritório projetou um edifício que já chama a atenção desde a fachada, que possui grandes fendas e amplas varandas. O grande destaque do edifício Aimberê, no entanto, é a diversidade de tipologias e medidas das unidades: há apartamentos com pé-direito duplo, outros que se abrem para o jardim do pavimento térreo e alguns que têm a cobertura como solário. A área construída das unidades varia de 95 m² a 215 m².
Hospital Sarah Kubitschek - Rio de Janeiro (RJ)
Autor: João Filgueiras Lima (Lelé)
Ano: 2009

Celso Brando
O complexo, de 52 mil m² de área construída, possui grandes coberturas onduladas, distintas das soluções convencionalmente adotadas em hospitais, e um auditório que ora lembra uma oca indígena, ora evoca uma lona de circo, abrindo para o céu qual uma flor. Esses recursos arquitetônicos foram projetados por Lelé para amenizar a dor e estimular os pacientes a se restabelecerem.
Memorial da Imigração Japonesa - Belo Horizonte (MG)
Autores: Gustavo de Araújo Penna, Mariza Machado Coelho, Paulo Pederneiras
Ano: 2009

Jomar Bragança/Gustavo Penna Arquitetos  Associados
O projeto é dotado de um pavilhão de exposições arredondado, suspenso sobre um espelho d'água que representa a separação física entre os dois países pelo oceano. Os acessos são laterais, por meio de duas rampas curvas que representam Minas Gerais e Japão. Do lado de fora há duas praças com painéis de fotos sobre a história da presença japonesa no estado mineiro.

Museu do Pão - Ilópolis (RS)
Autor: Brasil Arquitetura
Ano: 2007

Divulgação: Brasil Arquitetura
O Museu do Pão faz parte do projeto de restauração do Moinho Colognese, antiga construção da cidade de Ilópolis. O projeto se destaca por ser um bloco de concreto em meio às estruturas de madeira do moinho. O espaço expositivo é completamente transparente, fechado com panos de vidro e protegido da incidência solar por painéis de madeira corrediços externos.
Praça Victor Civita - São Paulo (SP)
Autores:Adriana Blay Levisky e Anna Julia Dietzsc
Ano: 2008

Divulgação
O projeto foi concebido de forma a impedir o contato dos visitantes com o solo, já que o local está contaminado com substâncias tóxicas provenientes de resíduos domiciliares e hospitalares processados na área até 1989. Para isso, foram executados decks e uma laje alveolar nas transversais, além de bordas na praça. O espaço abriga um centro de educação ambiental, arena de espetáculos, pista de skate, bosque, equipamentos de ginástica ao ar livre, pista de caminhada, laboratório de plantas, área de investigação de espécies e centro de convivência para a terceira idade.
Sede da Fundação Iberê Camargo - Porto Alegre (RS)
Autor: Álvaro Siza Vieira
Ano: 2008

Divulgação
A Fundação Iberê Camargo foi o primeiro projeto do arquiteto português Álvaro Siza no Brasil. O empreendimento de 5 mil m² e quatro andares é dividido em uma área para o museu e outra para atividades diversas, como auditório, biblioteca, reserva técnica, loja e cafeteria.


Quer usar o Messenger sem precisar instalar nada? Veja como usar o Messenger Web.

Jardins Terapêuticos e Jardins Comestíveis

Jardins Terapêuticos e Jardins Comestíveis
Paisagismo

Os jardins sempre foram um espaço de bálsamo para a alma. É impossível não se acalmar diante do visual das plantas, do aroma das flores. Agora, essas características começam a ser usadas em favor de pessoas doentes ou das que apenas estão em busca de um momento tranquilo.


Nos Estados Unidos e na Europa, cresce a tendência de criação dos chamados jardins terapêuticos. Eles são construídos ao ar livre ou em átrios, em solários dos hospitais e em locais públicos, para serem frequentados pela população em geral.


Combinados com o canto dos pássaros e o barulho da água corrente, despertam a visão, a audição e o olfato, provocando o que os especialistas chamam de distração positiva. A idéia de criação dessas áreas surgiu da observação de que a saúde física e mental é influenciada por aspectos do ambiente físico, como sua luz natural, espaço ou som.

A combinação equilibrada de terapias farmacológicas, comportamentais e ambientais é eficaz para melhorar a saúde dos doentes e idosos.

A implantação de espaços verdes em hospitais humaniza um ambiente geralmente associado à frieza, esterilidade, e até mesmo hostilidade em relação aos pacientes.

Jardins são bastante úteis no tratamento de crianças temporariamente incapacitadas por acidente, cirurgia, trauma psicológico ou ainda aquelas com deficiência mental, sensorial e física.

O contato direto com a natureza é capaz de ajudar na recuperação de doenças, estimulando a vontade de a pessoa viver e lutar. Chamada de Garden Therapy, ou Hortoterapia, uma eficaz coadjuvante dos tratamentos convencionais. A técnica combina cultura de plantas e jardinagem ativa e passiva (contemplação). A hortoterapia tem sido utilizada em institutos correcionais, nos casos de dependência química ou alimentar, fisioterapias, doenças mentais, no tratamento de idosos e doentes senis, bem como entre crianças com necessidades especiais ou não.

Para os mais velhos, a jardinagem possui um efeito extraordinário, pois estimula a ação e exercita a coordenação mão-olhos, melhora a capacidade motora fina, ajudando na abstração do pensamento obsessivo da perda de forças e da saúde. O resultado é que eles se sentem não só úteis e produtivos, mas menos tristes e solitários.

Nas doenças crônicas, degenerativas ou invalidantes. Quando a resposta aos remédios é insatisfatória, a terapia torna a vida mais agradável: mesmo que o doente não se cure, ele se sentirá melhor, mais relaxado.

A terapia pode ter também ação preventiva porque atividades ao ar livre pressupõe uso dos músculos e cérebro, exposição aos benefícios do sol e ar puro. Assim, é uma boa alternativa contra as doenças típicas da cidade: Obesidade, diabetes, doenças cardiovasculares, osteoporose e câncer.

Muitas vezes, uma pessoa adoece porque se sente insatisfeita com a própria vida e deseja encontrar uma cura milagrosa, rápida e eficaz que não existe. Sem esforço e trabalho, busca a cura milagrosa, rápida e eficaz que não existe. Sem esforço e trabalho constantes não se chega a lugar algum. Todos nós precisamos nos ocupar da nossa recuperação, pois a equação terapia=remédio nem sempre se mostra tão válida, uma pequena mudança na paisagem faz bem, não só para a alma mas para o bolso e para o meio ambiente também.

A preocupação com uma alimentação saudável se intensifica conforme a ciência demonstra que esta é a chave para uma vida longa, e para a prevenção de doenças. Uma campanha vem ganhado força nos Estados Unidos, e sua garota propaganda é a primeira-dama, Michelle Obama, que está incentivando as pessoas para que ao invés de apenas utilizar água e adubo com jardins ornamentais, por que não aplicá-los no cultivo de alimentos? São os edible gardens ou jardins comestíveis - um nome mais requintado para a conhecida horta.

O grande desafio, é fazer com que essa tendência venha para ficar não somente nos Estado Unidos, Brasil, mas no mundo inteiro.

Colher um tempero fresco para fazer o jantar. Pegar uma laranja no pé e saborear o suco natural. Essas práticas, comuns apenas no Interior, estão mais perto do que imaginamos. Inspirados nessa tendencia, algumas empresas têm difundido a idéia no mercado imobiliário.

O paisagista Roberto Burle Marx, em meio às suas obras de arte, gostava de cultivar plantas que podiam ser vistas também, depois, nos pratos.

Qualquer pessoa pode adotar o conceito e ter em um vaso com salsinha, cebolinha e até manjericão. O resultado? Temperos frescos e mais saborosos.

O aproveitamento de pequenos espaços urbanos para o cultivo de jardins comestíveis traz benefícios para todos que irão compartilhar de um agradável e belo espaço de convivência e produção de alimentos e ervas para chás e temperos.

Como hoje nem todas as pessoas tem espaço no quintal para plantar, há a possibilidade de se ter um pequeno jardim comestível em recipientes, dá para aproveitar muita coisa que tem em casa mesmo, é só usar a criatividade! Não é improvisação, é um método de alta produtividade comprovado por agricultores. O requisito básico é que o local tenha algumas horas de sol por dia.



Forum da Construção

ENCONTRO SOBRE A COPA 2014 E AS OPORTUNIDADES PARA O MERCADO DA CONSTRUÇÃO E HOTELARIA - 12 de abril

CTE - Inteligência 360º
ENCONTRO SOBRE A COPA 2014 E AS OPORTUNIDADES PARA O MERCADO DA CONSTRUÇÃO E HOTELARIA

Venha participar deste Encontro que conta com a presença de renomados profissionais de diversos segmentos e poder discutir questões relativas a COPA 2014 bem como as oportunidades para o mercado da construção e hotelaria.


Veja abaixo a PROGRAMAÇÃO DO EVENTO:

I - A COPA DE 2014 e as oportunidades para o mercado da construção
- Oportunidades geradas pela COPA 2014 para o mercado de projetos e da construção
João Alberto Viol – Presidente do Sinaenco
- Diretrizes da FIFA para construção de estádios e seu entorno
Carlos de La Corte – Sócio Diretor da ARENA e Consultor Técnico do LOC

II - Tecnologia e Sustentabilidade nos projetos e construção de estádios
- O projeto do estádio de Cuiabá
Sergio Coelho - Diretor da GCP Arquitetos
- A tecnologia BIM e sua aplicação nos projetos de estádio
Juan Andrés Vergara – Diretor de Operações da V-FO (Vergara y Fernández de Ortega)
- Construções mais sustentáveis - um legado da Copa no Brasil
Anderson Benite – Diretor da Unidade de Sustentabilidade do CTE

III - Oportunidades de investimentos no Setor Imobiliario
- O projeto Porto Maravilha e as oportunidades para o mercado imobiliário do Rio de Janeiro
Jorge Arraes - Presidente da CDURP - Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto do RJ
- Apresentação da nova Linha de Crédito para investimentos em empreendimentos imobiliários diretamente ligados a COPA 2014
Marcus Vinicius Alves – Gerente do BNDES – Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social

IV - Oportunidades para o setor de Hotelaria
- Perspectivas da Demanda X Oferta de leitos nos Hotéis do Brasil para os próximos 06 anos
Amilcar Mielmiczuk – Gerente de Desenvolvimento da Accor Hospitality
- Estratégias de investimento no setor hoteleiro para os próximos 06 anos
Rogério Miranda – Diretor do LA Hotels
- Coordenação de Projetos X Planejamento da Produção na Construção de Empreendimentos Hoteleiros
Mauricio Salles – Diretor da Diretriz Engenharia


links Programação Data: 12 de abril de 2010
links Mapa Local: Milenium Centro de Convenções
Rua Dr. Bacelar, 1043 - Vila Mariana
São Paulo/SP
links Inscrições Horário: 8h30 às 18h



Realização

Patrocínio

logo patrocinio
Apoio Institucional

apoio






Veja todos os seus e-mails de diferentes contas com apenas um login. Veja como.

link site

Auto CAD

Loading...

Barra de vídeo - sketchup

Loading...

ping

Pingar o BlogBlogs

Este blog apoia a campanha:

desenho - procedimentos para construção

Informativo

Temas principais neste blog: arquitetura, desenho, projeto, tecnologia, construção, história, arte, estudo, pesquisa, curiosidades, sustentabilidade, e-books, links, universidade, faculdade, dicas para estudantes de arquitetura ...


Ajude a compor este espaço... Vamos manter informações importantes para o nosso crescimento profissional e acadêmico.

IMPORTANTE:
Todos os links e arquivos que se encontram no site, estão hospedados na própria Internet, somente indicamos onde se encontra.