sábado, 29 de outubro de 2011

Coca-Cola troca o vermelho pelo branco nas latas por boa causa



Link to eco4planet



As tradicionais embalagens vermelhas da Coca-Cola darão lugar a latas brancas, pelo menos nos próximos meses, para os consumidores dos Estados Unidos e Canadá. Isso porque a empresa fez uma parceria com a ONG WWF para chamar a atenção para a situação dos ursos polares – mascote da marca desde 1922.
Para reforçar o apelo, cerca de 1,4 bilhões de latas da bebida serão distribuídas com a cor branca e a imagem de uma ursa polar e seus dois filhotes caminhando pelo Ártico. É a primeira vez, desde o surgimento da empresa, que as embalagens perderão sua cor tradicional.
De acordo com a WWF, os ursos polares são uma das espécies mais impactadas pelas mudanças climáticas e seu habitat está cada dia mais ameaçado. "Estamos vendo o gelo desaparecer a olhos nus. Sem gelo, não há ursos, por isso eles precisam da nossa ajuda", afirmou o presidente e CEO da WWF, Carter Roberts.
Além da nova cor, as latas terão um código com o qual o consumidor poderá, se quiser, fazer uma doação de US$ 1,00 para a WWF. A intenção da empresa é repassar US$ 1 milhão para a entidade através da venda do produto, além dos outros US$ 2 milhões doados inicialmente pela Coca-Cola.
Assista ao vídeo de apresentação da iniciativa (em inglês):
 
Via Redação EcoD | Imagem: Divulgação

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Revista Grandes Construções




 

 
// Eventos

2º Sobratema Fórum - Brasil Infraestrutura Cidades, aponta os caminhos para as metrópoles brasileiras do futuro
Planejar, investir e humanizar as cidades Expansão e integração dos sistemas de transporte de massa da capital - trens, metrô, veículo leve sobre trilho -; o início das obras da Asa Norte do Rodoanel, que junto com a Asa Leste...
 
// Pesquisa
Queremos saber sua opinião sobre: "Construções Sustentáveis"
Participe das pesquisas online que podem ajudá-lo a tomar decisões no mercado de construção civil. O resultado dos levantamentos serão publicados semanalmente no portal...
Resultado da pesquisa sobre "Rodovias High Tech no Brasil"
Leia o que disseram os leitores que responderam essa pesquisa online...
 
// Análise

Análise:China e crise soberana na Europa no foco da siderurgia mundial
O cenário de expansão vivido pela indústria mundial do aço após a crise de 2008/2009, passa a depender muito de como será o comportamento da China no último trimestre do ano. Se aprofundar a desaceleração da economia no país, como muitas pessoas do setor acreditam depois...
 

// Infraestrutura
Sistema BRT: alternativa para a mobilidade urbana em todo o mundo
O 18º Congresso Brasileiro de Transporte e Trânsito reúne até o dia 21 de outubro (sexta-feira), especialistas nacionais e estrangeiros para discutir temas como as iniciativas internacionais...
 
// Tecnologia da Informação
Petrobras desenvolve, em casa, supercomputador mais veloz do país
O Centro de Processamento de Dados (CPD) da Petrobras colocou em operação um supercomputador para aumentar em dez vezes a sua capacidade de processamento pesquisas...
 
// Mercado de Trabalho
Construção civil puxa criação de empregos no Amapá em setembro
O Estado do Amapá gerou 952 empregos com carteira assinada no mês de setembro, de acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho...
 
// Outros Destaques
Brasil receberá investimentos de R$ 1,48 trilhão em obras até 2016
Caterpillar inaugura fábrica no Brasil e aposta no pré-sal
Petrobras conclui teste de longa duração de Igarapé Chibata

 




terça-feira, 18 de outubro de 2011

Prédio abrigará floresta na Itália


Link to eco4planet



Duas torres verdes estão sendo construídas em Milão, Itália. O Bosco Verticale (floresta vertical, em português) é um projeto de reflorestamento metropolitano com a finalidade de contribuir com o desenvolvimento da biodiversidade no ambiente urbano.
A utilização de áreas verticais é uma forma de inserir espaços verdes na área urbana sem que seja preciso expandir o território da cidade. O modelo em construção na Itália opera de acordo com as políticas de reflorestamento das fronteiras urbanas do país. São duas torres residenciais de 110 e 70 metros de altura que hospedarão cerca de 900 árvores, além de uma variedade de arbustos e plantas florais. Em um terreno plano, a área verde das torres seria equivalente a 10.000 m² de floresta.
A diversidade vegetal produz umidade, absorve o CO2, protege o ambiente do Sol e da poluição sonora. Segundo o projeto, que começou a ser desenvolvido em 2007 e está na etapa de construção, as plantas serão regadas com água filtrada e reutilizada do próprio prédio. Sistemas de energia eólica e solar vão colaborar com a autossuficiência energética das duas torres.
Via Info
via e-mail - eco4planet

sábado, 8 de outubro de 2011

Parques em Dubai serão iluminados por meio de energia solar





"Todas as luzes em nossos parques serão solares. Nós já começamos a implementá-las e, gradualmente, irá abranger todos os parques", comentou o diretor-geral do Município de Dubai, Hussain Nasser Lootah, ao se referir ao parque na zona de Al Sofouh, construído em uma área de 1,55 hectares – o primeiro a utilizar sistemas de iluminação solar.
Em entrevista ao site Gulf News, Lootah afirmou que as cidades do século 21 devem evoluir para centros de progresso, que servem como forças para o avanço nacional e global.
O diretor-geral frisou que, para alcançar as metas será necessária a colaboração de indivíduos, empresas e todos os níveis do governo. "Os líderes do futuro têm a responsabilidade de fazer essa transição acontecer", destacou.
 
Plano estratégico
O Plano Estratégico do Município, que será utilizado em Dubai, tem como objetivo aumentar a área verde per capita da cidade para 23,4m2, além de alargar a proporção de terras cultivadas em áreas urbanas públicas para 3,15% até o final de 2011.
Segundo Lootah, Dubai é uma das cidades mais bonitas e que está passando por um grande desenvolvimento. "Isso tem dado uma boa qualidade de vida, mas houve efeitos colaterais deste desenvolvimento, como o aumento da produção per capita de lixo, o alto consumo de gasolina e alto consumo de eletricidade", completou.
Uma das propostas do município é converter todos os carros oficiais de gasolina para gás.
Com informações da CicloVivo.
 
 
 Via EcoD | Imagem: P Donovan

Link to eco4planet via e-mail


link site

Auto CAD

Loading...

Barra de vídeo - sketchup

Loading...

ping

Pingar o BlogBlogs

Este blog apoia a campanha:

desenho - procedimentos para construção

Informativo

Temas principais neste blog: arquitetura, desenho, projeto, tecnologia, construção, história, arte, estudo, pesquisa, curiosidades, sustentabilidade, e-books, links, universidade, faculdade, dicas para estudantes de arquitetura ...


Ajude a compor este espaço... Vamos manter informações importantes para o nosso crescimento profissional e acadêmico.

IMPORTANTE:
Todos os links e arquivos que se encontram no site, estão hospedados na própria Internet, somente indicamos onde se encontra.