sexta-feira, 29 de abril de 2011

Estantes de livros, para livros

A artista Jim Rosenau se especializou em fazer estantes feitas de livros antigos. Afinal, o que pode ser melhor para guardar livros que os próprios livros? As peças estão à venda no site dela.

auto erotism e1304024058900 [Curiosidades] Estantes de livros, para livros

season to taste e1304024110260 [Curiosidades] Estantes de livros, para livros

i never grew up e1304024183754 [Curiosidades] Estantes de livros, para livros

full case [Curiosidades] Estantes de livros, para livros

for her [Curiosidades] Estantes de livros, para livros

dictionary shelf e1304024388575 [Curiosidades] Estantes de livros, para livros

dare to dream e1304024456837 [Curiosidades] Estantes de livros, para livros



Fonte: 
http://ebooksgratis.com.br via e-mail

quarta-feira, 27 de abril de 2011

Tensoestruturas


Um artigo muito bom!

Coberturas tensionadas


Indicados para grandes vãos livres, tecidos técnicos mostram ser boa solução para resolver aspectos funcionais, estéticos e estruturais



Divulgação: Tecno Staff

.....


"O uso moderno das tensoestruturas é bem recente, foi o último tipo de sistema que aprendemos a calcular. Até cerca de três décadas atrás, havia alguns cálculos analíticos, mas eram para formas muito limitadas, como conóide hiperbólico, por exemplo. Não se sabia calcular outras formas. Mas, paradoxalmente, as tensoestruturas são um dos sistemas mais antigos", conta Ruy Marcelo de Oliveira Pauletti, professor do Departamento de Engenharia de Estruturas e Fundações da Poli-USP (Escola Politécnica da Universidade de São Paulo), em referência à utilização desse tipo de estrutura há mais de 2 mil anos por povos nômades do Saara, Arábia e Irã, que montavam abrigos desmontáveis com peles de animais, e, posteriormente, pelos romanos, que cobriam teatros e anfiteatros com tecidos feitos de velaria.

As estruturas tensionadas são basicamente compostas por três elementos: membranas, estruturas metá­licas (em forma de mastros e masteletes) e cabos de borda. Todos têm a ca­ra­cte­rística de serem portantes, par­ticipando ativamente da com­posição estrutural. "Este tipo de sistema estrutural compreende sistemas de cabos e membranas, mate­riais flexíveis que devem assumir formas específicas para equilibrar as forças sem flexão. É isso que dá essas características sempre curvas às coberturas, porque para se ter um carregamento transversal, seja de peso ou de vento, a membrana tem que assumir uma curvatura", explica Pauletti.


Divulgação: Fiedler Engenharia
Boa opção também para construções temporárias, estrutura tensionada foi utilizada para o palco do Rock in Rio, em 2000, que tinha 88 m de diâmetro e 46 m de altura e utilizou 200 t de aço e 11 km de membrana

Tipos de membranas e suas características

As membranas usadas nas estruturas tensionadas são conhecidas como tecidos técnicos e incorporam propriedades especiais. No Brasil, as mantas mais utilizadas são as de tecido composto por fios de poliéster revestido com PVC.

(...)

O conforto térmico e acústico das construções pode ser alcançado também por meio de soluções de projeto, já que a própria concepção das tensoestruturas sugere formas abertas. Execução de lanternins do tipo chapéu, ventilação cruzada e redução das reflexões internas melhoram o desempenho desses espaços. Uma solução comum é criar o efeito chaminé, que, em razão da diferença de pressão do ar, provoca renovação contínua, favorecendo o conforto térmico. Mas, além de protegerem do sol e da chuva, as membranas, dotadas de transparência, permitem a passagem da luz natural, de maneira difusa, promovendo um ambiente agradável com economia de energia. As membranas de poliéster/PVC conseguem coeficientes de transmissão de luz que variam de 3% a 20%.

Vale lembrar que o próprio formato da cobertura pode favorecer a acústica e o desempenho térmico do local. "Por exemplo, em termos de acústica, se a cobertura for usada para um palco, ela pode ter uma concavidade para o som ir e voltar", lembra Rita Bose, engenheira civil e sócia da Tecno Staff Engenharia e Estruturas. "Mas, em casos especiais, há soluções técnicas também. Uma delas é a colocação de uma membrana perfurada para acústica. Quanto ao conforto térmico, pode-se fazer o jateamento de poliuretano na membrana ou até mesmo colar uma membrana de poliuretano na cobertura", completa.


Divulgação: Fiedler Engenharia
Terraço do Paddock do Autódromo de Interlagos, em São Paulo, é coberto por estrutura tensionada com 5,25 mil m² de tecido
Novas fases de projeto







Leia na íntegra clicando aqui

Teleférico vai atravessar o rio Tâmisa, em Londres


Divulgação: Mace Group   Olimpíada 2012

Rio Tâmisa, em Londres, terá teleférico de quase 50 milhões de libras
Sistema de transporte projetado pelo escritório Aedas ligará a península de Greenwich e as docas reais. Cabines serão conduzidas por meio de fios de aço de 50 mm de diâmetro, sustentados por torres de aço de 90 m de altura.
  
Clique no texto para continuar lendo
 






quinta-feira, 21 de abril de 2011

Curso de Maquete Didática - apostila



O Eduardo me pediu simpaticamente a apostila de maquete, porque ele não a encontrou nas pastas... então, atendendo o pedido simpático lá vai: é só seguir o link.

Pronto. Tá de bem comigo de novo???? Postei de novo especialmente pra vc!

Atenção, o curso é para iniciantes.

.

segunda-feira, 18 de abril de 2011

O Mundo Mágico de Escher chega a São Paulo



Escadas e degraus que sobem e descem. Planos que desafiam nosso olhar há décadas… O jogo lúdico que encanta gerações e torna o artista um dos mais populares chega a São Paulo, nesta terça-feira 19 de abril, reinventado em outros suportes, o Mundo Mágico de Escher, para comemorar os 10 anos de atuação doCCBB-SP. Essa é segunda maior mostra da obra do artista holandês já realizada no País, reunindo 95 obras, entre gravuras originais e desenhos, incluindo todos os trabalhos mais conhecidos do artista e suas obras mais enigmáticas.

Adicionar imagemA exposição abre hoje para convidados e amanhã para o público paulista, depois de bater todos os recordes de visitação no Centro Cultural Banco do Brasil, em Brasília e no Rio de Janeiro onde mais de 800 mil pessoas visitaram as obras e instalações interativas. Apenas em Brasília, passaram pela mostra cerca de 200 mil pessoas. Foi o maior número de visitantes em dez anos do CCBB onde a exposição Aleijadinho, era a recordista até então com 154 mil visitantes.


Projeções em 3D turbinam a viagem

Através delas, o público experimenta a sensação de penetrar nas obras de Escher, e quebra a cabeça para entender como o artista conseguia subverter o plano. Múltiplas sensações…

A sala interativa é a grande atração

Lá é possível até entrar em uma das obras de Escher e desvendar algumas de suas técnicas. O quebra-cabeça gigante, que trabalha o branco e o escuro, traço característico e marcante do gravurista; a Sala do Periscópio, com o poço infinito; e a Sala do Impossível, onde uma das janelas mostra tudo em ordem, enquanto na outra, os objetos aparecem flutuando.

Veja outras exposições já realizadas pelo CCBB:

Cora Coralina: uma poetisa no coração do Brasil

Um pedaço do Islã no Brasil, agora, em São Paulo

Em Brasília, as embaixadas do Planeta Bola de Eder Santos

50 anos de Aguilar

Saiba mais no IG:

A arte matemática de M. C. Escher

O Mundo Mágico de Escher
Até 17 de julho de 2011
Local: CCBB-SP
Endereço: Rua Álvares Penteado, 112, Centro/ Próximo às estações Sé e São Bento do Metrô
Horário: terça a domingo, das 9h às 20h

Classificação: Livre
Entrada Franca

sábado, 16 de abril de 2011

Arquitetos Ingleses desenvolvem casa feita de maconha

Recebi este e-mail da minha irmã, bastante curioso... olha aí:


Ingleses desenvolvem casa feita de maconha

 


Como criar uma casa que não tenha nada de carbono, suporte furacões e oscilações intensas de temperatura e ainda crie um bom buzz no mundo? Usando maconha.
Bem, fibra de maconha e palha, na verdade. Esse é o projeto BaleHaus que foi feito por arquitetos da Universidade de Bath, na Inglaterra, em conjunto com o escritório de arquitetura Modcell.
Os pesquisadores afirmam que a mistura desses dois elementos "estranhos" é forte o bastante para resistir a furacões e versátil para as oscilações de temperatura. Foram seis meses de pesquisa até a casa modelo ser construída.
Só esperamos que a casa não pegue fogo…
Tags: ConstruçãoMaconhaModcellPalhaUniversidade de Bah


--
andré brunckhorst
www.redeterra.ning.com


quarta-feira, 13 de abril de 2011

Loft


Pessoal, comentei com alguns alunos do segundo ano a respeito de um vídeo sobre um loft de uma professora de arquitetura, então aí está. Baixei já tem um tempo do site casa.com.br



Espero que gostem!

domingo, 10 de abril de 2011

Árvores do Paquistão



O que aconteceu com essas árvores do Paquistão?


Essas "redes" em volta das árvores do Paquistão tem como razão as fortes enchentes que o país sofreu por esses meses. Como as chuvas se conectam nisso?

Pode parecer estranho, mas é que quando choveu e os lagos começaram a subir demais, os animais passaram a procurar pontos mais altos para não morrerem afogados.

Seguindo o extinto, milhões de aranhas subiram em árvores e começaram a tecer suas teias. Isso é o que a imagem mostra: Teias de aranha. Muitas teias de aranha.

Mas tudo tem seu lado bom: A população da província de Sindh sofria com a malária, doença que diminui muito por conta dos mosquitos presos nas teias.


Encaminhando de eco4planet.com

sábado, 9 de abril de 2011

E por falar em China...

Em contrapartida ao post anterior veja este TEMPO de uma construção chinesa...



O invejável crescimento chinês pode ser medido não só pela expansão acelerada do PIB,mas também por critérios educacionais (formação em série de PhDs) e investimentos em tecnologia (a China lidera agora a lista dos mais velozes supercomputadores do mundo).

O vídeo acima narra a incrível construção em 46 horas da estrutura de um edifício de 15 andares. Os chineses levaram mais 90 horas para terminar o acabamento do prédio, como instalar portas e janelas.

Numa cidade como São Paulo, uma construtora gasta 46 horas só em filas na prefeitura para aprovar a planta. E outras 90 para obter o Habite-se.


por Felipe Zmoginski in: info.abril

ENGENHEIROS E ARQUITETOS MADE IN CHINA



Recebi esta mensagem de uma amiga... IMPRESSIONANTE...

Edifício de 13 andares caído inteiro no chão.Onde? Na China.

O imóvel tal como foi construído. Em seguida, cavaram uma "trincheira" de 4,60m de profundidade para fazerem uma garagem subterrânea no lado sul, e lançando o material escavado no lado norte numa altura de 10 m. Isso resultou numa diferença de carga de 3.000 toneladas entre o lado sul e o lado norte. Essa diferença foi além do que a fundação poderia suportar.

Uma seção mostrando a "trincheira" para entrada da garagem e o material escavado no lado oposto.

Fortes chuvas provocaram infiltrações no solo.

O edifício começou a mexer e a fundação não suportou.
O edifício começou a se inclinar e tombou.
Assim nasceu a oitava maravilha do mundo!
Se todos os imóveis previstos tivessem sido concluídos juntos, haveria um efeito dominó...
Como o edifício ficou quase "inteiro", isso mostra que os métodos dos chineses são bons, mas falhos na avaliação e concepção da obra, principalmente no cálculo das fundações.


Encontrei esta apresentação de slides no slideboom.com,
se tiver paciência dá pra ver melhor as fotos...

EDIFÍCIO RUIU NA CHINA

sexta-feira, 1 de abril de 2011

Gestão estratégica na construção civil




         Gestão estratégica na construção civil        


link site

Auto CAD

Loading...

Barra de vídeo - sketchup

Loading...

ping

Pingar o BlogBlogs

Este blog apoia a campanha:

desenho - procedimentos para construção

Informativo

Temas principais neste blog: arquitetura, desenho, projeto, tecnologia, construção, história, arte, estudo, pesquisa, curiosidades, sustentabilidade, e-books, links, universidade, faculdade, dicas para estudantes de arquitetura ...


Ajude a compor este espaço... Vamos manter informações importantes para o nosso crescimento profissional e acadêmico.

IMPORTANTE:
Todos os links e arquivos que se encontram no site, estão hospedados na própria Internet, somente indicamos onde se encontra.