quinta-feira, 15 de julho de 2010

Design - Módulo Knoh

Módulo Knoh, de Erika Hegenberg e Fabiano Braga, pode compor uma cadeira, um banco ou uma mesa

Por Victor Martinez


Cadeira, banco ou mesa. Esses são os três possíveis móveis em que os módulos Knoh, quando reunidos, podem se configurar. Além dessa versatilidade, o produto desenvolvido pelos estudantes de design Erika Hegenberg e Fabiano Braga possui também um processo peculiar de construção - no caso, de união: os módulos são unidos por elásticos feitos de silicone.

Fabiano Braga

O projeto surgiu com a ideia de fazer uma cadeira em módulos. Do perfil estilizado de uma cadeira comum, nasceu o sistema modular: "a pluralidade que uma forma simples pode ter", justifica Fabiano.
Os módulos Knoh têm seção de 94 cm de altura e 45 cm de profundidade. A espessura de cada peça é de apenas 7 cm. O pé inclinado a 60º em relação ao chão é o principal responsável pela flexibilidade funcional do sistema. Feitos com poliuretano integral skin e uma estrutura metálica interna, os módulos são revestidos com laminado de bambu de 0,3 mm de espessura. O poliuretano é injetado, junto com o laminado de bambu, em um molde de alumínio - método que simplifica o processo produtivo, dispensando etapas de junção dos dois materiais. Apenas o acabamento das rebarbas é feito manualmente.

Os móveis são montados com a repetição das peças. Os módulos são presos, dois a dois, com os elásticos de silicone. Na sequência, os pares também são unidos lado a lado. "O elástico é a ferragem que une os módulos", compara Erika. Produzidos com silicone injetado, material que apresenta estabilidade e flexibilidade, os elásticos não irritam a pele e não deslizam na superfície de bambu.

Fabiano Braga

"Há apenas um tamanho de elástico, assim como um único módulo", resume Erika. Com formato retangular, esses elementos de união possuem 14 cm de comprimento, 3 cm de largura e 2 cm de espessura. Para a montagem dos móveis, é necessário que os elásticos sejam usados em três extremidades dos módulos, excluindo a que dará origem ao assento, no caso da cadeira e do banco. Não há limite na quantidade de módulos. Há apenas um número mínimo de seis para a cadeira, em cuja montagem são usados 15 elásticos (cinco no encosto e cinco em cada pé). Para se obter um banco, segue-se a mesma lógica, unindo mais módulos.

No caso da mesa, além de todo o conjunto ser horizontalizado, os módulos devem ser unidos intercalados. Assim, os fundos do encosto da cadeira compõem a superfície da mesa, e a extremidade que funcionava como assento se torna o eixo de apoio central. Nessa configuração, os elásticos devem ser colocados nas duas laterais e no pé central da mesa.

Fabiano Braga

O Projeto Knoh esteve entre os cinco semifinalistas no Concurso Micasa Design.br 2010. Erika Hengenberg e Fabiano Braga, estudantes de design da Universidade Federal do Paraná, estão selecionando empresas para a produção desses módulos em série. A previsão é que dentro de um ano o produto esteja no mercado brasileiro.


http://www.revistaau.com.br


link site

Auto CAD

Loading...

Barra de vídeo - sketchup

Loading...

ping

Pingar o BlogBlogs

Este blog apoia a campanha:

desenho - procedimentos para construção

Informativo

Temas principais neste blog: arquitetura, desenho, projeto, tecnologia, construção, história, arte, estudo, pesquisa, curiosidades, sustentabilidade, e-books, links, universidade, faculdade, dicas para estudantes de arquitetura ...


Ajude a compor este espaço... Vamos manter informações importantes para o nosso crescimento profissional e acadêmico.

IMPORTANTE:
Todos os links e arquivos que se encontram no site, estão hospedados na própria Internet, somente indicamos onde se encontra.